Arquivos

Marcadores

Curta no Facebook

Followers

Siga no Google +

Siga no twitter

Mural

Parceiros

Site protegido anti-plágio

Postado Por : Ereyuki 23 setembro, 2014

Oi pessoal hoje vou falar sobre o que eu estou achando do mangá Sankarea lançado pela Panini algum tempo atrás, mas que só agora tive tempo de ler os 3 primeiros volumes da história.

 O que você faria se seu gato morresse?
 O mais lógico seria enterra-lo não é?
 Pois bem não é isso que jovem Furuya Chichiro pensa, o jovem que é obcecado por tudo relacionado ao mundo zumbi, desde filmes, games, coleção de bonecos zumbis até chegar a pensar ter uma namorada zumbi, vê se que o pobrezinho bate bem da cabeça?

A história começa a partir do momento em que o gato de estimação de sua família morre, ele então decidi tentar ressuscitar o animal, através de uma poção de ressuscitação em em um livro antigo, mas a página em que está descrita a maneira de como ressuscitar uma pessoa, está incompleta falta a parte que diz qual planta venenosa desse ser usada para a poção funcionar, Furuya faz este experimento em um local distante de sua casa para não ser descoberto entretanto, ele não é a única pessoa que gosta daquele local isolado, ele também é frequentado por uma garota bonita chamada Rea Sanka filha de família rica e estudante de um colégio feminino ao lado do colégio masculino aonde o  protagonista estuda, as duas escolas são cortados por um rio fazendo com que as escolas e seus alunos e alunas fiquem isolados, cada uma em um lado do rio.
 Rea por ser uma garota de família rica tem uma vida restrita e controlada para fugir ela vai todos os dias neste lugar isolado para gritar, sem saber que Furuya a observava pela janela da casa aonde ele faz o experimento.
 Então certo noite em um dia chuvoso ela nota a presença do rapaz, a observa-la, nisso Furuya conta Rea sobre a tentativa de ressuscitar seu gato para Rea, mais que uma página do livro estava incompleta que por isso ele tentava, com todas as plantas venosas disponíveis para ver qual iria funcionar.
 Mas as tentativas não davam certo, então como última cartada a Rea pega uma flor de hortênsia e coloca na poção, mais mesmo assim a poção de ressurreição não funciona, então Furuya decidi parar com as experiência e enterrar de vez o seu querido gatinho no dia seguinte.
 Rea ao chegar em sua casa tem uma briga com seu pai devido estar saído escondendo todas as noites, ela então em uma medida desesperada, já casada de viver “presa” decidi tomar a poção criada por Furuya, pensando já que a poção não tinha o efeito de ressuscitar ao alguém talvez fizesse o posto entretanto também não funcionou.
 No dia seguinte Rea é proibida de sair de casa, mas mesmo assim ela decidi fugir de casa para ir ao enterro do gato do Furuya, como eles haviam combinado na noite anterior, mais ela acaba sendo seguida pelo pai, que a obriga a voltar, numa atitude mais uma vez impensada ela decidi pular do penhasco.

  Seria o fim de uma história de amor, a não ser pelo fato de a poção de ressuscitação que ela tomou na noite anterior ter realmente funcionado e a garota ter virado realmente uma zumbi, agora a garota tentará levar uma vida uma vida de estudante “Normal” apesar de não ser mais uma, neste caminho apareceram obstáculos inesperados, além do protagonista ter que encontrar uma maneira de manter a garota “viva”. 

Pequena Ficha das personagens de Sankarea até o volume 3

  Furuya Chichiro: Estudante do primeiro ano do colégio masculino Shiyu, obcecado por zumbis desde pequeno, para tentar ressuscitar seu gato de estimação ao tentar criar uma poção de ressuscitação

Rea Sanka: filha de família rica está no primeiro ano do colégio feminino Sanka, filha do dono, vira uma zumbi após beber a poção de ressurreição, agora sem aonde morar, vai para a casado Furuya e terá que se adaptar a vida de zumbi.

Ranko Saoji: Um ano mais velha que Furuya e afim dele apesar de ser prima e da forte concorrência de Rea pelo amor do rapaz, os se conhecem desde a infância também curte o lance de Zumbi, boa em esportes, tem um corpo atlético e bustos bem maiores que a Rea. Furuya seu cego (risos).
 Apelido Wanko.

Mero Furuya: Irmã mais nova do protagonista responsável pela limpeza e ordem do templo, aparentemente um pessoa calada ela te um quadro de perguntas e respostas no final de cada volume.
Recita diariamente o sutra do coração

Babu: Gato da família Furuya,é atropelado enquanto passeava pela rua, mais é ressuscitado pelo Chichiro através da poção da ressurreição.

Jororo Furuya: Avô de Chichiro, aparentemente um velho gagá, mais que na verdade esconde um segredo por trás da poção da Ressurreição aparentemente já trabalhou com algo relacionado a isso, até a presente edição não fica muito claro isto.

 Doon Furuya: Pai de Chichiro, responsável pelo templo da família, um pai um tanto quanto se preocupação com que vai morar dentro de sua casa, perguntado por Chichiro se Rea poderia morar em casa ele responde simplesmente “Por que não?”.

Darin Arnschent Kurumiya: Uma conhecida do vovô já trabalha com a zumbis desde os seis anos à primeira vista não parece mais é mais nova que a Rea, veio para casa dos Furuya para concluir sua pesquisa sobre a poção, mais fica obcecada pela Rea assim que a vê pela primeira vez e refere-se a garota como cobaia.
 Assim no caso da Rea, o pai de Furuya respondeu “por que não?” Quando a moça disse que queria passar uns dias na casa. Esse pai do Chichiro vou te contar viu.
Aria Sanka: Madrasta de Rea e diretora do colégio Feminino Sanka, não se sabe o motivo dela não gostar da menina.

Sanka Dan'ichirou: É o pai superprotetor de Rea. Seu amor por sua filha é quase incestuoso, e tem o hábito de tirar fotos de sua filha, em seus aniversários. Depois de ser convencido por Chihiro sobre o desejo Rea de viver uma vida de uma garota normal, ele aceita Chihiro como protetor de Rea. Ele também alertou Chihiro para que não deve haver “relações sexuais antes do casamento”, possivelmente indicando que ele aceita Chihiro como um homem para sua filha. Mais tarde, ele decide ir embora para os Estados Unidos, provavelmente para encontrar uma maneira de curar Rea.

Mogi: Chihiro, ele é o oposto de Yasuda, ele parece mais com uma garota.

Yasuda: Colega de Chihiro, ele é completamente pervertido, e diz não aceitar o fato de Chihiro ter ligação com Rea e Ranko.


   Para finalizar está postagem, posso dizer que Sankarea não me agradou no primeiro, volume, até pela história ser bem tensa, mais a partir da metade do segundo volume a história começou a me gradar, mais continua um pouco pesada no contexto, este mangá é preciso paciência, não agrada no primeiro momento, agora vendo todo o contexto, por parecer um mangá Ecchi terror entendo o porquê da classificação +18 dado pela Panini, mais mesmo com prós e contras Sankarea é sim um bom mangá, Ainda não o anime mais deve ser um pouco mais leve que o mangá, seria tenso assistir isso na dos pais, Está ai mais recomendação de leitura pra vocês.

One Response so far.

  1. Mario says:

    Não tive o privilégio de ler o mangá ainda somente assisti o anime gostei do anime aos poucos ele vai envolvendo e cativando recomendo.abraço

- Copyright © 2015 Opção Anime - Fansuber Otaku - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -